Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]

Alessandro Lo-Bianco |

Para quem quer fugir do dia a dia das cidades e curtir a natureza, o Entrevistando recomenda 8 destinos para desbravar belezas naturais, sem sair do Brasil.

Bonito – Mato Grosso do Sul

Localizada na Serra de Bodoquena, Bonito é uma das cidades turísticas mais populares do país. O motivo não é para menos: o município guarda belíssimos rios e lagoas, que o tornam destino predileto de aventureiros e amantes da natureza. A cidade possui uma excelente infraestrutura durante o ano todo, embora o melhor período para a visitação seja de maio a agosto.

Entre as atrações de Bonito destacam-se o Rio da Prata, que oferece excelentes mergulhos; a famosa gruta da Lagoa Azul, considerada uma das mais bonitas do país e a Praia da Figueira, um balneário de água doce agradabilíssimo para passar o dia. 

Chapada dos Veadeiros – Goiás

A Chapada dos Veadeiros consiste em um complexo natural localizado em Goiás. A região reúne cinco cidades: Cavalcante, Colinas do Sul, Alto Paraíso, Teresina e São João d"Aliança. A maior parte das atrações está em Alto Paraíso e em Cavalcante, motivo pelo qual os turistas preferem essas cidades para se hospedar.

Repleta de cachoeiras, cânions e montanhas, a Chapada dos Veadeiros é uma excelente opção para conhecer o cerrado e se encantar pelas belezas naturais do Centro-Oeste. Uma excelente época para visitar a região é em abril, quando as passagens para Brasília, cidade com aeroporto mais próximo, ficam mais baratas. Como o clima nesse mês é mais ameno e não é alta temporada, a Chapada também pode ser aproveitada com mais calma, tanto por casais quanto grupos grandes.

Serra do Roncador – Mato Grosso

Situada no centro da Floresta Amazônica, a Serra do Roncador é formada por chapadões e conta com mais de 600 metros de extensão, o que inclui solos com formações rochosas, grutas, cavernas e até lagos de águas com um azul inconfundível. 

Quem vai à Serra do Roncador tem várias opções de passeio, como o Parque das Águas Quentes, o Rio Araguaia, conhecer tribos indígenas, com prévia autorização da Funai e fazer rapel. Apesar de estar no Mato Grosso, o aeroporto mais próximo da Serra do Roncador é o de Goiânia. 

Chapada Diamantina – Bahia

Localizada no centro da Bahia, onde nascem os rios da bacia do Rio de Contas, Jacuípe e Paraguaçu, a Chapada Diamantina guarda belíssimas paisagens e, por isso, é bastante requisitada por fotógrafos profissionais e amadores. Além dos platôs e cânions, que dão fama ao lugar, o parque também tem ótimas cachoeiras para se refrescar nos dias quentes.

A melhor época para visitar a Chapada Diamantina é de abril a outubro. Nesses meses, as passagens ficam mais baratas para Lençóis, onde há o aeroporto mais próximo.

Jalapão – Tocantins

Outro ponto de encontro de aventureiros é o Parque Nacional do Jalapão. Repleto de contrastes, o Jalapão é famoso principalmente por abrigar uma das poucas regiões de dunas do país. Apesar de uma parte do parque ter aspecto desértico, o restante dele é composto por cachoeiras e belíssimas lagoas, como Cachoeira do Formiga e o Fervedouro.

O Parque Nacional do Jalapão tem 34 mil quilômetros quadrados e está a 180 km da capital, Palmas. O parque abriga oito municípios, que são: Mateiros, Lagoa do Tocantins, Novo Acordo, Ponte Alta do Tocantins, Lizarda, Santa Tereza do Tocantins e São Félix do Tocantins. Entre maio e setembro é uma excelente época para conhecer a região, quando as passagens para Palmas ficam mais em conta.

Jericoacoara – Fortaleza

Se a ideia for curtir o melhor da natureza, em águas mornas e ainda por cima relaxar, Jericoacoara pode ser o destino certo para você. Sabe aquela famosa imagem que todos fazem de deitar na rede e curtir a praia? Esse é o atrativo principal desse destino, cuja Lagoa do Paraíso fica distante a menos de uma hora de bugre. Na praia principal de Jericoacoara, o visitante ainda pode desfrutar de um dos mais belos pores do sol do país.

Apesar de poder ser aproveitada durante todo o ano, é entre junho e agosto que acontece a baixa temporada na região. Além das passagens mais em conta, os hotéis, restaurantes e até mesmo as agências realizam passeios cobrando menos.

Foz do Iguaçu – Paraná

Foz do Iguaçu é a porta de entrada dos brasileiros para as Cataratas do Iguaçu, consideradas Patrimônio da Humanidade pela Unesco. Além das belíssimas quedas d"águas, que podem ser apreciadas em um passeio de barco, o visitante que vai a Foz também pode aproveitar para ir ao Parque das Aves, onde há mais de 900 espécies de animais e é altamente recomendado fazer um passeio de catamarã no Lago de Itaipu. Vale conhecer Foz do Iguaçu entre junho e agosto, época que as passagens aéreas registram médias mais baratas.

Chapada dos Guimarães – Mato Grosso

Para quem pensa em ir para o centro do país, outra opção além da Chapada dos Veadeiros é a Chapada dos Guimarães. A exemplo da chapada irmã, a dos Guimarães também possui belíssimas cachoeiras, como o Véu da Noiva, cavernas e lagoas incríveis.

As passagens aéreas para abril e setembro saem mais em conta para Cuiabá. De lá, o turista pega um ônibus para a cidade de Guimarães, a mais próxima do parque.

Bottom Ad [Post Page]