Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]

AlessandroLo-BiancoAlunos de escolas públicas e adolescentes que cumprem medidas socioeducativas no Departamento Geral de Ações Socioeducativas (Degase) participam agora do Projeto Jovem Aprendiz no Teatro.  O projeto é resultado da parceria entre os governos estadual e federal e apoios do RioSolidario, do  MetrôRio e dos institutos Arcadia e Invepar. Além da capacitação, os estudantes têm carteira de trabalho assinada e salário, por meio do Programa Jovem Aprendiz, e terminam o curso com registro profissional de ator.




A estudante Julie Hayanne Mota, de 20 anos, moradora de Curicica, sempre quis ser atriz.
 – Superei uma depressão porque voltei a acreditar nos meus sonhos de novo. A arte muda pessoas e o mundo, por isso precisa estar ao alcance de todos.
 O aluno Lucas Barbosa de Souza, de 19 anos, morador do Complexo da Maré, cumpriu dois anos de medida socioeducativa e hoje só pensa em ter um futuro melhor.
 – Quero ser como meu pai: honesto, trabalhador e vitorioso. Desejo ser comediante e dar muito orgulho para ele – afirmou Lucas.
 Morador de Guadalupe, Matheus Barbosa Rodrigues, 19 anos, sempre quis estudar teatro.
 – Essa oportunidade é única na minha vida, pois não teria condições de pagar um curso como esse.
 De acordo com o professor do curso, Éder Montalvão, a iniciativa estimula o crescimento pessoal  e profissional dos alunos.
 – Tenho 23 anos de carreira e esse é o trabalho mais importante que pude participar, pois não é só a minha vida, mas estamos modificando a vida deles – disse Éder.
Curso tem duração de 15 meses
O curso tem duração de 15 meses, totalizando 1.200 horas. Os alunos contam com aulas teóricas e práticas de interpretação de textos e personagens; ensaio de obras dramáticas; desenvolvimento de procedimentos de interpretação e de pesquisas e demonstração de competências pessoais. Além disso, os jovens aprendem técnicas de direção de teatro e de palco, cenografia, sonoplastia, entre outros ensinamentos aplicados e adotados nos campos da arte e da cultura. As aulas acontecem na Casa de Cultura Laura Alvim e em um espaço do MetrôRio, um dos parceiros da ação, preparado para receber os estudantes. Ao final do curso, os jovens terão que preparar e apresentar uma peça de teatro. O estudante com melhor rendimento ganhará bolsa integral no curso de Cinema da Estácio de Sá.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]