Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]

Alessandro Lo-Bianco - A famosa tensão pré-menstrual é sem dúvida um dos maiores incômodos das mulheres, são poucas as que não sofrem ou nunca sofreram com esse sintoma causado pela enxurrada de hormônios que finaliza nosso ciclo menstrual. Seus sintomas são: desconforto abdominal, cansaço, estresse, inchaço e constantes alterações de humor. 



A nutricionista e técnica em alimentos Angela Faustin  escreveu um livro sobre hábitos saudáveis e alimentação contra os sintomas da TPM. E nós pegamos algumas dicas com essa especialista: "é importante ficar atento a alimentação durante a TPM, evitar açúcar refinado é uma ótima pedida" comenta Angela, reforçando que a TPM se concentra nos sintomas antes do sangramento surgir, começando assim os novos sintomas de desconforto como, por exemplo, as cólicas menstruais.

É quase impossível que nenhuma mulher tenha uma cólica ou desconforto durante o período menstrual, por isso alguns hábitos em nosso dia a dia devem ser pensados para ter uma semana mais tranquila. Perguntamos a especialista que hábitos são esses.

Quais alimentos evitar durante esse período?

Evite açúcar, alimentos industrializados e bebidas açucaradas. Evite o sal, ele pode agravar o inchaço, reduza ou evite o café ele pode causar ansiedade. Mas fique tranquila se você for daquelas mulheres que precisa de um chocolate quando esta de TPM. O chocolate pode liberar endorfina, combatendo alguns dos sintomas desagradáveis, mas a especialista alerta: coma com moderação! Os chocolates encontrados em mercados possuem uma grande quantidade de açúcar.

Quais alimentos priorizar durante esse período?

Vale a pena investir em vegetais como o couve-flor que é rico em antioxidantes. Alimentos que possuem ômega 3, como os peixes sardinha, atum e salmão. Carnes, ovos e ervilhas elevam os níveis de serotonina e proporcionam uma sensação de bem-estar. E a última dica importante é evitar bebidas alcoólicas durante esse período.

Pode fazer exercícios físicos, mesmo naqueles dias?

Apesar do cansaço a especialista recomenda que continue a programação de exercícios físicos. Aumentar essa rotina de exercícios inclusive pode fazer com que a mulher libere mais endorfina e se sinta melhor durante esses dias. Seja qual for o tipo do exercício, desde uma caminhada até musculação, o importante é se mexer durante esse período. E mais interessante ainda é separar um tempo para organizar os alimentos que serão ingeridos durante a semana. Entretanto, é importante "escutar" seu organismo também, caso ir ao treino te deixe ainda mais irritada ou fraca, tente adaptar seu treino por esses dias, mas não deixe de ir. 

Não fazer nada pode intensificar os incômodos?

Exercícios físicos, hidratação adequada pode ajudar, mas caso os sintomas afetem a rotina da mulher e prejudicam fortemente o dia a dia, é interessante buscar a opinião de um médico e analisar a necessidade de um tratamento mais completo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]